29/06/2022

Quando começar a introdução alimentar no bebê (com receitas)

Os primeiros anos de vida de uma criança são marcados por momentos decisivos e muito importantes, sendo um deles a introdução alimentar. Dito isso, saiba qual o melhor período para começar a introduzir alimentos – e trouxemos algumas receitas para te inspirar.

A priori, é interessante destacar que essa fase de introdução alimentar se refere ao momento em que essa criança não se alimenta mais somente do leite materno, ou em alguns casos das fórmulas infantis. Aqui o bebê se alimenta de outras opções, mas saiba que isso deve ocorrer, por recomendação médica, a partir dos 6 primeiros meses de vida.

Afinal, até o bebê atingir essa idade, ele deve se alimentar exclusivamente de leite materno, devido aos seus nutrientes. Sendo assim, depois desse período, a criança já pode começar a se alimentar de outras coisas, como papa de frutas frescas, com cereais, vegetais, proteínas e leguminosas.

Além disso, saiba que os alimentos precisam ser ofertados às crianças de maneira separada, mesmo que esteja em um prato, além de amassados com garfo. Não use liquidificador para isso, pois eles devem desenvolver a sua habilidade de mastigação.

Esse momento também auxilia no reconhecimento das mais diversas texturas e sabores. Lembre-se que tudo será novidade para essa criança.

Por que a introdução alimentar começa aos 6 meses?

Muitas mães e pais se questionam sobre o motivo de o início da introdução alimentar ocorrer aos 6 meses. Com isso, a Sociedade Brasileira de Pediatra e o Ministério da Saúde dão a orientação de que essa idade é a ideal devido aos nutrientes presentes no leite materno e a necessidade que a criança apresenta.

Isso sem contar que o bebê, a partir dos 6 meses de vida, precisa de mais nutrientes, a exemplo do zinco e do ferro. Além disso, é com essa idade que o bebê tem um estômago preparado para receber alguns alimentos diferentes.

Antes disso, não é o ideal introduzir outros alimentos que não sejam o leite materno. Afinal, caso isso seja feito, o bebê pode apresentar alguma infecção intestinal ou alergias e intolerâncias.

Primeiros passos para a introdução alimentar

Se você está com dúvida sobre como começar a introdução alimentar do seu filho, confira algumas opções que podem te ajudar.

– Frutas frescas: inclua mamão, abacate, banana, kiwi ou laranja;

– Vegetais frescos: a exemplo da cenoura, tomate, berinjela e chuchu;

– Leguminosas: os principais exemplos são feijão, ervilha, lentilha e grão de bico;

– Cereais: como quinoa, arroz, aveia e macarrão;

– Proteínas: a exemplo dos ovos, tofu, peixe e frango;

– Tubérculos: aipim, batata doce, cará e inhame.

Não se esqueça de higienizar muito bem as suas mãos antes de manipular esses alimentos, a fim de evitar quaisquer contaminações e doenças.

Receitas para a introdução alimentar

Como prometido, trouxemos algumas receitas que podem te ajudar na introdução alimentar.

Canja de galinha

A primeira receita para esse momento é a canja de galinha, que é muito versátil, agrada todos os gostos e é um ótimo jeito de começar a introduzir alimentos.

– 1 colher (sopa) de azeite de oliva ou outro tipo de gordura ou 12 gramas

– 340 gramas de filé de peito de frango ou peito de frango (ou outra parte da galinha que tenha osso, porém deve usar o 680 gramas se tiver osso)

– 1 cebola média ou 70 gramas

– 2 dentes de alho ou 8 gramas

– ¼ colher (chá) de pimenta do reino

– 2 colheres (chá) de sal

– 3 xícaras (chá) de água fervendo ou 630 ml ou 630 gramas

– 1 cenoura média ralada ou 100 gramas

– ½ xícara (chá) de arroz branco ou 90 gramas

– 7 xícaras (chá) de água fervendo 1470 ml ou 1470 gramas

– 3 batatas médias cortada em cubinhos pequenos ou 250 gramas

Papinha de frutas

A papinha de frutas não pode faltar, podendo usar as opções manga ou banana, sendo necessário apenas lavar muito bem essas frutas, descascá-las e amassar com um garfo.