29/06/2022

Saiba como utilizar cores frias e quentes na hora de decorar seu imóvel

Saiba como utilizar cores frias e quentes na hora de decorar seu imóvel

Você sabia que as cores da sua decoração influenciam diretamente no seu bem-estar? Mais do que desempenhar a função decorativa, que por si só já é importante para a beleza do ambiente, as cores frias e quentes interferem diretamente nas sensações de tranquilidade ou agitação.

Na casa ou na cobertura do condomínio, as cores devem ser muito bem pensadas, afinal, quentes ou frias, elas são decisivas até para o seu humor. Isso mesmo, além do poder de transformar cômodos em mais quentes, luminosos e marcantes, colaboram para o nosso temperamento.

Para que você utilize de maneira inteligente as cores frias e quentes na hora de decorar seu imóvel, leia o artigo.

Cores frias e quentes

Em primeiro lugar precisamos definir quais são as cores frias e quentes, certo? Cores frias transmitem sensações de amplitude e calmaria, amenizando o calor. As principais cores são: branco, gelo, verde, cinza-claro, azul esverdeado e lilás.

Em contrapartida, cores quentes elevam a sensação de calor e ousadia na decoração. Os tons quentes são representados pelas cores: vermelho, laranja, amarelo e preto.

Definição de acordo com o ambiente

Com o objetivo de facilitar a sua vida na hora de decorar o seu imóvel, elaboramos dicas valiosas de quais ambientes cada tipo de cor se encaixa direitinho. Acompanhe!

Cores frias

Cores em tons claros são mais indicadas para os cômodos com incidência da luz solar acentuada, ou seja, onde pega sol prefira cores frias para amenizar o calor. Se o cômodo for pequeno, indicamos ainda mais as cores neutras, pois além de amenizar o calor, proporcionam a sensação de amplitude e conforto.

Nos quartos, lugares para o nosso merecido descanso, as cores devem ser neutras. O branco, gelo, verdinho, lilás ou mesmo aquele azul claro são determinantes para um sono bem gostoso. Do mesmo modo, a sala de estar merece cores neutras nas paredes, completadas com almofadas em tons de azul, verde e até roxinhas que nos remetem à espiritualidade – concentração, meditação, além das plantinhas que nos lembram a natureza.

Mesmo em ambientes abertos, como o espaço gourmet na varanda ou a área da piscina, tendo a luz solar bem presente, o melhor é utilizar cores frias para não carregar demais. Claro que uma parede ou outra pode receber aquela pegada mais quente, como maneira de destacar um espaço, contudo, é preciso tomar cuidado para não ser a parede que mais recebe os raios solares.

Cores quentes

Energia contagiante transmitida através de cores, essa é uma boa definição quando utilizamos cores quentes nos ambientes do nosso lar. O amarelo, por exemplo, representa confiança e estimula a criatividade. Por isso, cômodos como o cada vez mais presente home office recebem bem a cor, assim como o espaço do entretenimento das crianças.

Para destacar um ambiente, usar o vermelho é uma boa pedida, não necessariamente na parede, mas em objetos decorativos. Os quadros de cores quentes energizam o ambiente, que fica ainda mais belo.

Assim como falamos dos espaços externos nas cores frias, lembramos de que as cores quentes também estarão presentes “lá fora”. No espaço da piscina, do churrasco ou no quintal, peças laranjas ficam muito bem. A sensação de calor – do ambiente e humano, é evidente em cores quentes na parede e em objetos decorativos, como cadeiras, roda banca, quadros e plantas coloridas.

Móveis e plantas

Nem só das paredes vivem as cores frias e quentes do seu imóvel. Os móveis são decisivos para criar um ambiente aconchegante. Portanto, escolha móveis que harmonizem com as cores do restante do cômodo. Peças de cores suaves, como sofás, poltronas e mesas, ficam bem em lugares de cores frias. Contudo, dá para você incluir algumas peças em tons quentes, a exemplo de almofadas e vasos decorativos.

Lembre-se de não carregar demais o ambiente com móveis grandes, principalmente se forem de cores escuras. Reserve espaço para plantas que ajudam a amenizar o calor e trazem a natureza para dentro de casa. Os jardins verticais estão em alta e são uma ótima escolha.

Iluminação

Escolher lâmpadas em tons claros acende o ambiente de modo a clarear as cores da decoração. Já as lâmpadas amarelas energizam as cores e o ambiente. Por isso, esteja ciente do seu objetivo com o ambiente, escolhendo uma iluminação que transmita o que você deseja.

Se sua família almeja comprar um apartamento em SP, por exemplo, as cores frias e quentes interferem diretamente no bem-estar de todos. Com as informações que acabamos de apresentar, temos certeza de que você fará as melhores escolhas na decoração do seu imóvel.

E aí, gostou do artigo? Esperamos que sim! Aproveite para compartilhar com os seus contatos que adoram decoração.