28/05/2024

4 Dicas antes de viajar para o Rio Grande do Sul

4 Dicas antes de viajar para o Rio Grande do Sul

4 Dicas antes de viajar para o Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul é um dos estados mais incríveis do Brasil, mas mesmo assim ele é frequentemente injustiçado pelos turistas que resumem o estado somente às cidades de Gramado e Canela. A verdade é que o Rio Grande do Sul é bem mais do que isso!

E por isso, preparamos um conteúdo com 4 dicas que você deveria considerar antes de fazer a sua viagem para o Rio Grande do Sul, independentemente da cidade para onde você decida viajar.

Confira a seguir!

1- Rio Grande do Sul não se resume apenas a Gramado e Canela

Se você deseja conhecer os pampas gaúchos, saiba que o estado não se resume somente a essas duas cidades. Por exemplo:

  • Sabia que é no Rio Grande do Sul que fica a maior praia do mundo? A Praia do Cassino fica localizada na cidade de Rio Grande, e mede mais de 256 km de extensão;
  • É no Rio Grande do Sul que também fica o maior salto longitudinal do mundo. Ele fica em Yucumã, e mede pouco mais de 2 km de extensão;
  • Lá você ainda poderá visitar as famosas minas de ametistas, que ficam na cidade de Ametista do Sul;
  • Ainda no RS, na cidade de Vespasiano Corrêa, você poderá viver uma aventura cheia de adrenalina passeando pelo Viaduto 13, um trilho de trem suspenso que fica a mais de 60m de altura!;
  • É onde fica a maior lagoa de água doce do mundo, a Lagoa dos Patos, que começa no Lago Guaíba e vai até depois de Pelotas. Inclusive, dá para ver o lago olhando o mapa mundi!

Ou seja, tem coisa demais para conhecer por lá!

2- Não viaje na alta temporada

O problema de viajar na alta temporada para o Rio Grande do Sul é que além de pagar 4, 5 vezes mais caro pelos mesmos serviços, você certamente passará sufoco nas temperaturas extremas, pois o frio é intenso, assim como o calor. Não existe meio termo no Rio Grande do Sul.

É por isso que até existe a brincadeira de que no RS, as 4 estações acontecem no mesmo dia. Além do mais, como mencionado, se você viajar para a Serra Gaúcha, prepare para soltar o escorpião do bolso.

Isso porque os serviços costumam ser bem mais altos quando é alta temporada. O mesmo hotel em que você pagaria R$ 200 pela diária pode chegar a R$ 800 ou mais! O ideal é viajar entre o outono e a primavera.

3- Conheça algumas tradições antes de viajar

Para se ambientar um pouco no Rio Grande do Sul, pode ser legal conhecer algumas tradições gaúchas antes de viajar. Por exemplo, no quesito alimentação, todo gaúcho é apaixonado pelo tradicional “xis” com polar (um x-tudo com cerveja local), sem contar que todo final de semana o churrasco é mandatório.

Prepare-se para comer também muito feijão preto, batata doce e bergamota de sobremesa (isso quase nunca falta em nenhuma refeição).

O povo gaúcho também é bastante festeiro. Nas cidades de interior, você poderá conhecer os CTGs, que são centros de tradição gaúcha. É lá onde rola bastante música e dança, com o ritmo fandango, bem tradicional no Rio Grande do Sul.

E se você gosta de futebol, saiba que o maior clássico que acontece no RS é o Grenal – Grêmio x Internacional.

4- Monte um roteiro antes de viajar

Existe muita coisa para conhecer no Rio Grande do Sul. Por isso, para não perder nenhum passeio interessante, sugerimos que você monte um roteiro para não deixar algo muito legal passar.

Por exemplo, se você decidir viajar para a Serra Gaúcha, vale muito a pena esticar um pouquinho além de Gramado e conhecer Cambará do Sul. Lá você poderá percorrer os cânions e se maravilhar com as paisagens lá de cima. Sabia inclusive que dá para ver Santa Catarina do outro lado dos cânions?

Ainda pela região, também vale a pena conhecer a cidade de São Francisco de Paula, uma pequena cidade de interior, mas bem charmosa e cheia de natureza. Lá fica o Parque das 8 Cachoeiras, uma pousada dentro de uma trilha com 8 quedas.

Existem outros lugares interessantes na cidade, como uma livraria que fica bem no centro e mais parece um museu, pois é cheia de objetos antigos e instrumentos (toda construída de madeira). É linda e vale a pena conhecer!

Resumidamente, o Rio Grande do Sul é um estado muito rico em todo tipo de diversidade que você pode imaginar, e se limitar somente a Gramado e Canela pode ser um desperdício quando você viajar.

Claro que são cidades muito bonitas, mas não deixe de conhecer um pouco do lado B do estado. Garantimos que você se surpreenderá com o que te espera no Rio Grande do Sul!

Já viajou para lá? Deixe o seu comentário!