maio 18, 2022

Tradução de documentos para processo de cidadania italiana

A tradução de documentos para processo de cidadania italiana vem se popularizando. Afinal, para que seja validada, a papelada precisa ser traduzida.

Uma tradução juramentada tem serventias variadas, sendo uma delas a busca pela dupla cidadania.

Documentos como certidões de casamento, nascimento e óbito são alguns dos arquivos que precisam passar por tradução nesses casos.

Isso se torna obrigatório a partir do momento que documentos emitidos no Brasil não têm a mesma validade no exterior.

Se você está procurando saber mais sobre esse tema, continue lendo o texto.

Neste post, falaremos mais sobre a tradução de documentos para processo de cidadania italiana e seus meandros.

O que é tradução juramentada?

Antes de falarmos sobre a tradução de documentos para processo de cidadania italiana, precisamos entender antes o que é uma tradução juramentada.

Como dito anteriormente, documentações emitidas no Brasil nem sempre conseguem ter a mesma validade lá foda.

Logo, elas precisam passar pela tradução juramentada, para que tenham o mesmo efeito legal lá fora.

Uma tradução juramentada é diferente de uma tradução simples, afinal, ela lida também com a parte jurídica.

Ou seja, não é apenas um texto que será traduzido de uma língua para outra, ela assegurará igualmente sua validade diante de outros países.

No caso do processo de cidadania italiana, a tradução de itens como certidões de nascimento e casamento são essenciais.

Afinal, eles comprovam os vínculos familiares de seus ancestrais italianos, confirmando o direito à dupla cidadania.

Outro ponto, é que uma tradução juramentada também precisa ter transcrita outros elementos além do texto.

Podemos citar como exemplos os timbres, selos, assinaturas, logos, marcas d’águas e consularizações.

Eles evidenciam além da validade, a autenticidade do documento original.

O mesmo dito aqui vale para traduções juramentadas de documentos estrangeiros.

Caso seja emitido fora do Brasil, o documento precisa passar por tradução juramentada para ser validado aqui.

Quem faz a tradução de documentos?

Conhecidos como tradutores juramentados ou profissionais juramentados, são os profissionais habilitados pelo Estado a fazerem as traduções.

Um tradutor público juramentado não apenas traduz o documento, ele também garante fé pública ao que foi traduzido.

Isto é, ele não apenas passa o texto de uma língua para outra, mas também faz com que esse documento possa ser validado no exterior.

No caso, tradutores podem trabalhar com as mais variadas línguas mundiais.

Desde o inglês ao espanhol e, neste caso, o italiano. Tudo dependerá do país onde o documento será utilizado.

Ao final do processo, o profissional juramentado irá carimbar e chancelar a documentação, atestando sua fé pública.

Onde encontrar um tradutor juramentado?

Um profissional da tradução de documentos para cidadania italiana deve estar catalogado.

Suas habilitações podem ser encontradas nos cartórios e tabeliães de notas em que trabalha.

Ao encontrá-lo, você pode verificar seus registros e autorizações pelo site do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) na Junta Comercial do Estado que você está.

Quais documentos uma tradução de documentos para processo de cidadania italiana precisa?

Como dissemos, no caso da cidadania italiana, alguns documentos precisam ser traduzidos para garantir a dupla cidadania.

Nesse processo, é preciso enviar uma série de documentos, como certidões de nascimento, óbito e casamento.

Afinal, é preciso garantir os vínculos dos ancestrais que nasceram e viveram no Brasil.

Por isso, os documentos precisam ter sua validade comprovada não só aqui, como diante do governo italiano também.

Outros arquivos que também podem passar pela tradução juramentada para processo de cidadania italiana são:

  • Passaportes;
  • Certidões de nascimento;
  • Certidões de casamento (com ou sem averbação de divórcio);
  • Certidões de óbito;
  • Certidões de antecedentes criminais;
  • Carteiras de vacinação;
  • RGs, CNHs, carteira profissional e semelhantes;
  • Certificados de estado civil;
  • Certificados consulares;
  • Recibos e/ou declarações de imposto de renda.

Em outros casos, documentos como declarações profissionais e comprovantes de residência também passam pela tradução juramentada.

Qual o preço de uma tradução de documentos para processo de cidadania italiana?

Chegar a um preço definitivo para a tradução de documentos para processo de cidadania italiana pode ser difícil.

Fato é que, o cálculo de cada processo varia, devido a cada Junta Comercial do estado ter uma fórmula diferente.

Por isso, não podemos falar com exatidão sobre os valores referentes a esses processos, já que eles mudam de lugar para lugar.

Por exemplo, um estado pode calcular seus valores pelo número de laudas juramentadas (lados da folha).

Já em outros estados, é multiplicado o preço pelo número de caracteres digitados.

Ou então, o cálculo tem base na quantidade de palavras escritas.

Inclusive, o tamanho também pode mudar com a transcrição obrigatória de timbres, selos e assinaturas.

Não só isso, mas também a quantidade de letras e palavras que muda quando passamos um texto de uma língua para outra.

Mesmo que o documento original tenha uma só folha, a versão traduzida para o italiano, já com tudo descrito, poderá passar para duas ou três folhas.

Porém, entrando em contato com a Junta Comercial de sua região, esse problema pode ser facilmente contornado.

Ao entender as fórmulas e tabelas estabelecidas, é possível chegar a uma boa estimativa do preço do documento.