maio 18, 2022

Fintechs: Como podem facilitar a vida financeira

Atualmente quem busca um empréstimo online ou qualquer outro tipo de serviço financeiro pode encontrar alternativa em uma fintech. Esse tipo de empresa de finanças tem revolucionado o mercado e se mostra cada vez mais competitiva.

Embora não sejam exatamente uma novidade, as fintechs se espalharam nos últimos anos. E isso se reflete no aumento de empresas desse tipo. Também, na abrangência de cada vez mais serviços distintos que elas ofertam.

Mas quais são os serviços que posso obter em uma fintech? Quais são os principais tipos dessas empresas? Afinal, elas são seguras? E quando comparadas aos grandes bancos? Para conferir essas respostas continue lendo!

O que são as fintechs?

Em primeiro lugar, cabe esclarecer o que exatamente é uma fintech. Pois bem, esse termo corresponde à abreviação da expressão inglesa Financial Technology, isto é, Tecnologia Financeira.

Como o nome já indica, então, as fintechs são empresas que ofertam serviços financeiros online, digitais, por meio da internet. Assim, elas dispensam alguns dos fatores tradicionais dos bancos e outras instituições financeiras.

Mas como isso acontece? Diferentemente das instituições tradicionais, as fintechs não demandam a apresentação física do cliente para que serviços sejam concedidos.

Em outras palavras, esse tipo de instituição sequer oferta o atendimento presencial. Isto é, ele se concentra em ofertar os serviços e soluções financeiras por meio da internet, à distância.

Com isso, torna-se possível o acesso a algumas condições que antes eram exclusivas aos bancos tradicionais e ao atendimento presencial. 

Ainda, nota-se que o surgimento das fintechs aumenta o número de serviços disponíveis. Isso, por sua vez, fomenta a concorrência e, por consequência, as opções que os clientes têm.

E a gama de serviços financeiros oferecidos por elas é grande. Encontram-se desde possibilidades de pagamento, crowdfunding ou crédito até  aquelas que funcionam da mesma forma que bancos, de maneira completa.

Abaixo, conheça os principais tipos de fintech e veja como é possível conseguir um empréstimo online para muito além dos bancos tradicionais!

Quais são os tipos de fintechs que existem?

Como brevemente dito acima, existem diversos tipos de empresas financeiras digitais. Algumas se concentram em alguns serviços específicos, como pagamentos ou seguros online. Por outro lado, outras são mais abrangentes e trabalham como verdadeiros bancos.

Conheça, então, algumas das principais modalidades desse tipo de empresa e veja como você pode usá-las!

Bancos digitais

Primeiramente existem as fintechs que seguem a modalidade Banco Digital. Nesse caso, as empresas se prestam à concessão de serviços tipicamente bancários. Contudo, ao invés de se valerem de agências, atuam no ambiente online. 

Provavelmente você conhece várias dessas empresas, pois no Brasil contamos com várias delas. Aliás, elas representam grandes e fortes nomes do empresariado brasileiro atual. 

Quanto aos serviços, por outro lado, eles são diversos, assim como são os dos bancos. O que se deve ter em mente aqui é que a fintech do tipo banco digital oferta tudo o que há em um banco tradicional.

Portanto, seus serviços abarcam desde a conta corrente até o cartão de crédito. Igualmente, linhas de crédito, como empréstimo pessoal ou empresarial. Igualmente, investimentos e seguros. Ou seja, estamos falando de um leque bastante abrangente.

Fintechs de crédito

Já as fintechs de crédito são empresas que facilitam o processo de oferta e concessão de crédito. De forma geral, elas não oferecem o empréstimo em si, mas atuam como intermediadoras entre o consumidor e os bancos.

Através dessas plataformas é possível comparar diferentes ofertas em diferentes empresas, conseguindo, assim, encontrar melhores taxas e prazos de pagamento.

Em relação à gama de produtos, costumam apresentar um leque variado de opções. Empréstimo pessoal, empréstimo com garantia – podendo ser crédito com garantia de veículo ou crédito com garantia de imóvel – consignado, para microempreendedor e até mesmo autônomo são algumas das principais opções encontradas.

Contudo, o fato da operação ser totalmente online pode gerar algumas ressalvas em relação a esse modelo de negócio. Por isso, o ideal é sempre verificar a segurança em sites oficiais, como o Banco Central, para ver se a empresa é realmente segura.

Além disso, nunca deixe de verificar outros itens de segurança e reputação. Você pode observar se o próprio site possui certificados de segurança oficiais, ou até avaliações de outros clientes no Reclame Aqui.

Fintechs de pagamentos

Outro tipo de fintech que se destaca, especialmente no Brasil, são as de pagamentos. Nesse sentido, elas se dedicam ao oferecimento de soluções de cobrança para empresas e de pagamentos para clientes.

Mais uma vez são vastos os exemplos de empresas brasileiras nesse ramo. Podendo encontrar facilmente opções que trabalham com as possibilidades de pagamento digital, maquininhas de cartão e outros.

Fintechs de crowdfunding

Ainda, outro tipo de fintech que ficou famosa nos últimos tempos corresponde à de crowdfunding. Esse é o nome que se dá para as iniciativas de financiamento coletivo.

Nesse caso, então, existem plataformas online que ajudam uma ideia a se tornar realidade. Ela pode ser um projeto de arte, uma criação da engenharia ou mesmo um lançamento de produto. Seja como for, o público se torna apoiador e ajuda no financiamento do projeto final.

Em contrapartida, geralmente se utilizam algumas recompensas para o público. Dentre as mais utilizadas estão a menção enquanto apoiador ou mesmo presentes e brindes diversos.

Quais são as vantagens desse modelo?

A fintech conquistou o mercado não por acaso. Afinal, ela permite que se obtenha um produto ou serviço financeiro sem sair de casa. Além disso, ela aumentou o número de opções disponíveis ao público.

Nesse aspecto, é necessário ter em mente que quanto mais são os serviços disponíveis, mais as empresas devem se esforçar para serem atrativas ao público. E isso abre oportunidade de taxas melhores ou mesmo de mais benefícios.

Fintechs ou bancos: Qual o melhor?

Isso depende do seu objetivo, é claro. Afinal, você pode encontrar serviços que sejam melhores para você em uma fintech ou em um banco. Para garantir sempre a melhor escolha, faça uso de um simulador de crédito.

Com a plataforma Juros Baixos você consegue comparar as opções disponíveis, sejam elas empréstimos, cartões de crédito ou conta corrente. Assim, pode comparar ao mesmo tempo as ofertas de fintech de crédito e de bancos.

Assim, seu empréstimo online ou outra necessidade se torna muito mais fácil. A mesma coisa acontece em relação à possibilidade de escolher a melhor alternativa para seu bolso!

Fintechs são seguras?

Caso você ainda tenha dúvidas quanto a isso, não se preocupe! Afinal, o funcionamento de empresas financeiras no Brasil depende do aval do Banco Central. Ele, por sua vez, impõe uma série de condições que elas devem preencher.

Assim, todas as fintechs que têm reconhecimento pelo Banco Central são seguras. Por isso, sempre pesquise no site da instituição para saber se a fintech que lhe interessou está no rol do BC.

Considerações finais

Como vimos, o surgimento das empresas financeiras digitais facilitou em muito o acesso aos serviços e produtos financeiros. Por isso, não deixe de desconsiderá-las ao buscar crédito, empréstimo online ou qualquer outro serviço. Ainda, para fazer a melhor escolha, não deixe de comparar as opções e, para tanto, conte com a Juros Baixos!